Ford anuncia encerramento das atividades no Brasil, após queda nas vendas e ociosidade nas fábricas devido as medidas restritivas da Covid-19

Ford Camaçari-BA

A Ford Company informou, nesta segunda-feira (11), que vai encerrar a produção de veículos no Brasil. As três fábricas, em Camaçari (BA) e em Taubaté (SP) da marca Ford, e em Horizonte (CE), da Troller, serão fechadas ao longo de 2021. A justificativa da empresa é a reestruturação na América do Sul, “à medida que a pandemia de covid-19 amplia a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”. A companhia manterá o Centro de Desenvolvimento de Produtos, na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí (SP), e a sede regional, em São Paulo.

A produção das unidades da Argentina, Uruguai e outros países, vai abastecer o mercado brasileiro, segundo informações companhia. “A Ford atenderá a região com seu portfólio global de produtos e mantém assistência total ao consumidor, com operações de vendas, serviços, peças de reposição e garantia para seus clientes no Brasil e na América do Sul.”

A companhia não informou qual será o número de funcionários demitidos, disse apenas que trabalhará “com os sindicatos, nossos funcionários e outros parceiros para desenvolver medidas que ajudem a enfrentar o difícil impacto desse anúncio”.

Além dos empregados diretos, por tabela muitos serão impactados, já que a Ford gera vários empregos indiretos, através de seus fornecedores de diversos componentes usados na linha de montagem.

Indiretamente a Ford criticou o “fique em casa”, alegando que houve grande ociosidade na indústria e uma queda brusca nas vendas, lhe trazendo enormes prejuízos e inviabilizando a operação no Brasil, as medidas restritivas que segundo os especialistas teria o propósito de salvar vidas está gerando pobreza com o fechamento de postos de trabalho, só com os empregados diretos a estimativa é de uma perda de 6 mil empregos se contados os indiretos esse número pode triplicar.

Além do desemprego outro impacto será na arrecadação local, segundo prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), a cidade terá impacto econômico e social muito grande no município. O encerramento das atividades da fábrica da Ford em Camaçari, provocará uma perda de arrecadação da ordem de R $150 milhões para o município, o que deve impactar nas contas públicas.

Por SimaoDiasComoEuVejo.com.br

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta