Após doação de Israel, Palestina começa vacinação contra a Covid-19

A mídia apresenta Israel como um agente do mal, mas a realidade é outra

Após receber milhares de doses de Israel, a Palestina aplicou a primeira vacina contra covid-19 nesta terça-feira (2).

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde palestina, Maia al-Kaila, que recebeu a primeira doze do imunizante, juntamente com os profissionais de saúde da linha de frente.

Segundo a Revista Oeste, “Israel iniciou o fornecimento de cinco mil doses da vacina da Moderna para os palestinos, que esperam adquirir mais dezenas de milhares dos imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca nas próximas semanas, por meio da iniciativa Covax.”

Ainda de acordo com o veículo, “mesmo que essas entregas se concretizem, no entanto, pode levar vários meses até que a Palestina controle o surto do coronavírus na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, onde vivem mais de 4,5 milhões de palestinos.”

Fonte: Conexão Política

Deixe uma resposta