Em discurso em Sergipe Bolsonaro anuncia estudos para construção da ponte Neópolis-SE e Penedo-AL

Presidente Bolsonaro inaugurou trecho da obra de duplicação da BR-101 em Propriá (Foto: Aldaci Souza)

O presidente Jair Bolsonaro inaugurou no final da manhã deste quinta-feira (28), o trecho da ponte sob o Rio São Francisco na BR-101/Nordeste que liga os municípios de Propriá-SE e Porto Real do Colégio (AL). Durante a cerimônia, o presidente anunciou a viabilidade para início dos estudos para a construção da ponte que irá ligar os municípios de Neópolis (SE) e Penedo (AL).

O senador alagoano e ex-presidente da República, Fernando Collor, que participou da solenidade, fez a solicitação ao presidente para que o Governo Federal viabilize o início dos estudos para construção da ponte que irá integrar os dois estados nordestinos.

Bolsonaro em sua fala disse que o estudo é viável e que deve ser feito através do Ministério de Desenvolvimento Regional, que tem a frente o ministro Rogério Marinho. “Essa possibilidade realmente vai se concretizar, se Deus quiser e não vai levar 26 anos. As bancadas federais de Alagoas e Sergipe, como fizeram com essa ponte, farão com essa outra também que unirá ainda mais os dois estados”, declarou o presidente.

O Governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, agradeceu ao presidente e ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, a conclusão da obra do trecho da BR-101 no município de Propriá, e disse que espera que a conclusão das obras de duplicação dos demais trechos da rodovia BR-101 em Sergipe, seja concluída até o final da gestão do presidente Bolsonaro.

“Sei que não é fácil cuidar das rodovias do país, não é fácil estar sempre atrás de recursos, mas são 26 anos aguardando para ver sua conclusão. Isso é algo que os sergipanos aguardam muito. Mais uma vez agradeço o compromisso do ministro com Sergipe porque com essa duplicação quem sai ganhando é Sergipe, é o Brasil”, enfatizou.

Participaram da solenidade o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas,  o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, parlamentares da bancada federal de Alagoas e Sergipe, os prefeitos de Propriá, Valberto Lima e de Porto Real do Colégio, Aldo Borges.

Covid-19

Durante o seu discurso, o presidente solicitou aos governadores que mesmo com o número crescente de casos da Covid-19 no país, não adotem medidas restritivas que possam prejudicar a economia.

“Na minha opinião, a atitude de fechar tudo e ficar em casa não deu certo. O povo brasileiro é forte, o povo brasileiro não tem medo do perigo. Nós sabemos quem são os vulneráveis, o resto tem que trabalhar. O apelo que faço ao governadores é que reformule essa política e entendam cada vez mais que o isolamento, lockdown e confinamento nos leva para a miséria. A economia anda de mãos dadas com a vida, sem recursos não tem vida”, enfatiza Bolsonaro.

Sobre a vacinação contra o Covid-19, o presidente garantiu que toda população brasileira será imunizada. “Eu sempre disse que depois que passar pela Anvisa a gente compra a vacina, seja ela qual for. Desde setembro que firmamos compromisso com vários laboratórios, a vacina vai chegar e vamos vacinar todos os brasileiros”, garante.

Fonte: Infonet

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta