Mulher se joga de prédio para escapar de estupro

 Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Em Goiânia (GO), uma mulher se jogou do primeiro andar de um prédio para não ser estuprada por um ladrão, que entrou em seu salão de beleza. O crime aconteceu no dia 29 de janeiro, mas as imagens das câmeras de segurança começaram a circular nas redes sociais na última terça-feira (2).

A Polícia Militar de Goiás informou que o criminoso chegou ao local e começou a roubar itens como celulares. Depois, ele começou a tirar a roupa e disse que ia estuprar a proprietária, Juliane Lacerda Lima, de 36 anos, e uma funcionária. Foi então que a empresária pulou da janela.

Sem revelar seu nome, a funcionária deu declarações ao jornal Bom Dia Goiás.

– A gente estava no salão esperando nossos clientes quando uma pessoa entrou, toda de capuz, máscara, [e] um óculos roxo. Entrou e já trancou a porta. Ele veio perto de mim com a faca na mão, desceu a minha roupa e a dele também. Na hora que ele foi pegar a faca, minha patroa correu para o andar de cima – disse ela.

A atitude da dona do salão assustou o bandido, que decidiu fugir. A polícia contou que ele deixou cair os celulares que tinha roubado e também o dele.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Goiânia.

A mulher que pulou do prédio foi levada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Ela fraturou uma costela, teve que ser operada e espera um posicionamento dos médicos para saber se poderá voltar a andar.

O assaltante ainda não foi encontrado.

Fonte: Pleno News

Deixe uma resposta