Homem passa 68 anos preso após ser condenado à prisão perpétua na adolescência

Joe Ligon, de 83 anos, tinha 15 anos quando foi preso por participar de uma série de roubos e agressões que provocaram a morte de dois idosos. Hoje, livre da cadeia, ele afirma que ajudou nos roubos, praticados por um grupo de adolescentes alcoolizados, mas que não teve nenhum envolvimento com as mortes. Mesmo assim, ele passou 68 anos preso por causa dos crimes.

O idoso foi a pessoa mais velha nos Estados Unidos a ser detida na adolescência e também a que passou mais tempo presa. Segundo o G1, Ligon perdeu a chance de sair antes porque não queria liberdade condicional, mas desejava ser “livre de verdade”.

Por Isto é

Deixe uma resposta