Governador da Bahia informa que o lockdown será o próximo passo se a pandemia não for controlada no Estado

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Hoje pela manhã, segunda-feira (22), o governador Rui Costa em entrevista à TV Aratu informou que pode endurecer ainda mais as medidas restritivas na Bahia devido a pandemia do novo corona vírus, queremos evitar o pior, mas a próxima medida será o fechamento total, o lockdown.

“Não podemos permitir que a população continuem se aglomerando porque senão em duas ou três semanas o colapso chegara ao sistema de saúde”, declarou o governador.

Conforme o governador o numero de leitos é maior do que em qualquer outro momento da pandemia anunciou a abertura de novos leitos em Ilhéus, Caetité, Salvador e outras cidades, na capital o mesmo falou sobre o hospital de campanha que será ativado no estádio da Fonte Nova.

“Mas todos esses novos leitos não serão suficientes, se a população não colaborar, temos atualmente uma fila de mais ou menos 100 pacientes por dia aguardando por regulação nas UPA’s, botamos para dentro 100 chega mais 100, a semana passada a fila era de 20, se o povo não colaborar vai morrer me casa porque não teremos vagas”, disse o governador.

Fez um apelo aos donos de bares, restaurantes e lojistas e rua e shoppings para cumprir as medidas restritivas, para que se evite um “mal maior”, que seria um fechamento total da atividade comercial, um lockdown, tal medida está em pauta segundo o governador, mas as medidas serão adotadas de forma progressiva.

Governo Federal

O governador Rui Costa fez duras críticas ao governo federal sem citar o nome do presidente Bolsonaro, afirmou que o mesmo só faz besteiras.

Sobre a relação com o presidente Rui declarou: “Não temos nenhuma relação o presidente aposta no conflito, ele só sabe se colocar em crise, ele se alimenta do conflito e precisa de uma nova fofoca a cada dia, porque não tem o que apresentar. Na economia é um fracasso, o gás de cozinha está custando R$120,00 a gasolina R$5,50, quando no governo Lula a gasolina era R$2,40 e o gás era menos de R$40,00. Ele sobrevive de xingamentos, violência e agressão e eu prefiro não alimentar esse monstro que vive de conflito e da miséria do povo brasileiro”.

Anvisa

Rui Costa ainda fez duras críticas também a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, reclamou da Anvisa, está demorando muito para liberar as vacinas, sendo muitas ainda sem autorização no Brasil, já estão em uso na Europa e Estados Unidos, “ou o mundo inteiro da errado e a Anvisa esta certa”, disse o governador.

O governador continuou as críticas a Anvisa dizendo que existem diversas vacinas que o mundo todo já está usando e a Anvisa não liberou ainda no Brasil, o mesmo declarou: “Não consigo entender a falta de sensibilidade com a vida humana, quantas mortes serão necessárias para a Anvisa liberar as vacinas: Pfizer, Moderna a vacina da Índia e outras, é muita insensibilidade com a vida humana, nada justifica este atraso, assim o Brasil será o ultimo país do mundo a autorizar essas vacinas, precisamos ampliar o leque de vacinas”.

O Governador ainda lamentou e lembrou que a taxa de mortalidade e o número global de mortes no Brasil é um dos maiores do mundo.

Por Reinaldo Valverde / SimaoDiasComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

2 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta