“Na praia vazia vemos uma força-tarefa, no ônibus lotado não tem um guarda municipal sequer” diz Vereador Ricardo Marques

Vereador Ricardo Marques tem cobrado medidas urgentes de combate à Covid nos terminais e no transporte público de Aracaju/SE

Foto: ASCOM/Vereador Ricardo Marques

Durante a fala do Pequeno Expediente da Sessão da última terça-feira (23), na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o vereador Ricardo Marques (Cidadania) cobrou, mais uma vez, urgência na adoção de medidas de combate à Covid nos terminais e no transporte público de Aracaju.

Utilizando de ilustrações, o parlamentar apresentou os dados mais recentes da pandemia na capital sergipana. “Em julho do ano passado estávamos no pico da primeira onda, a segunda onda chegou em dezembro e agora acredito que estamos vivendo uma terceira onda. Os estudos mostram os maiores locais de contaminação, e todo mundo já sabe disso: em primeiro lugar estão os hospitais, onde existe a maior carga viral, e em segundo lugar está o transporte público”.

O vereador reforçou que já levou algumas sugestões de ações para o poder público e cobrou a aplicação. “As ações que já apresentei são simples, como colocar fiscais orientadores nos terminais para borrifar álcool nas mãos dos usuários, e organizar as filas a fim de evitar a saída dos ônibus superlotados nos terminais, distribuição de máscaras, ampliação do horário de pico, com horários específicos para os setores econômicos, além de criar medidas para auxiliar esses setores da economia, neste período de agravamento da pandemia”, lembrou.

Ricardo Marques disse ainda que tem acompanhado a movimentação da cidade depois que foi decretado o toque de recolher e verificou que a população está cumprindo. “As ruas estão mais vazias no horário do toque de recolher. Isso mostra que as pessoas estão fazendo a sua parte e querem ajudar no combate ao vírus. Só que estamos vendo na praia vazia uma força-tarefa e os ônibus lotados não têm um guarda municipal sequer. Por isso, peço a sensibilidade da prefeitura de Aracaju, da SMTT e do Setransp para que possam adotar as medidas no transporte público com urgência, não temos mais tempo para esperar”, apelou.

Fonte: ASCOM/Vereador Ricardo Merques

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta