Educação disponibiliza canais para tirar dúvidas e orientar professores e equipe diretiva

O objetivo é garantir o suporte formativo e oferecer orientações aos professores, coordenadores, gestores e toda a comunidade no Planejamento das Atividades para o ano letivo de 2021

Foto: Maria Odília/Seduc

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Educação (DED), mantém ativo o canal tira-dúvidas, a fim de garantir o suporte formativo e oferecer orientações aos professores, coordenadores, gestores e toda a comunidade no Planejamento das Atividades para o ano letivo de 2021. Técnicos do gabinete do DED estão fazendo o atendimento por meio dos números 3194-3312 ou 99191-3357, no período de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

Esse suporte oferecido pela Seduc tem recebido elogios por parte dos técnicos das Diretorias Regionais de Educação, professores, gestores e coordenadores pedagógicos, especialmente pela agilidade em disponibilizar as orientações de cunho pedagógico, encaminhar soluções que carecem de respostas rápidas e necessárias para o melhor funcionamento das unidades de ensino, melhorando a comunicação entre as escolas, Diretorias de Educação, departamentos e serviços.

Para a diretora do DED, professora Ana Lucia Muricy, “esse canal aberto de comunicação, disponibilizado pela Seduc, tem fortalecido as unidades de ensino quanto aos direcionamentos pedagógicos, pois os profissionais do Núcleo de Apoio Pedagógico e da Assessoria do Gabinete do DED, disponíveis para fazer as orientações no atendimento, têm vivências na área pedagógica, conhecem o passo a passo do Guia de Orientações Pedagógicas e das Portarias, de forma a passar tranquilidade para as equipes escolares e professores, além de agilidade quando as orientações necessitam de articulação com outros setores”.

De acordo com o técnico do DED, professor Erbson Rodrigues, o canal para orientação e informação às escolas é um grande ganho, tendo em vista a busca por melhores condições de retorno às aulas presenciais ou remotas. “É fundamental orientar e oferecer sugestões de boas práticas a serem adotadas na situação emergencial em que nos encontramos, visando assegurar o cumprimento de todas as etapas de ensino. É preciso garantir às escolas que estamos ao lado delas nesse momento”, declarou.

Os canais para tirar dúvidas passaram a ser disponibilizados pela Seduc em 2020, a partir da publicação da Portaria nº 2235, que regulamenta, em caráter excepcional, a oferta de atividades escolares não presenciais a serem desenvolvidas nas escolas da Rede Pública Estadual de Ensino.

Fonte: Seduc/SE

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta