Bolsonaro pedirá processo contra os Ministros do STF Barroso e Moraes no Senado

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou neste sábado (14) que pedirá, na próxima semana, processo contra os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso no Senado Federal. Afirmou que os ministros “extrapolam” com atos os limites constitucionais.

O presidente também criticou as “prisões arbitrárias” feitas pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e disse não desejar rupturas institucionais.

A publicação foi feita 1 dia após a prisão do ex-deputado e atual presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. A ordem de prisão preventiva partiu do ministro Alexandre de Moraes e atendeu a um pedido da Polícia Federal por suposta participação do político em uma organização criminosa digital responsável por atacar os ministros da Corte e as instituições. Eis a íntegra (56 KB).

“Lembro que, por ocasião de sua sabatina no Senado, o Sr. Alexandre de Moraes declarou: ‘reafirmo minha independência, meu compromisso com a Constituição, e minha devoção com as liberdades individuais’”, afirmou Bolsonaro em publicação no Twitter.

Complementou que o povo brasileiro não “aceitará passivamente que direitos e garantias fundamentais (art. 5° da CF), como o da liberdade de expressão, continuem a ser violados e punidos com prisões arbitrárias, justamente por quem deveria defendê-los”, disse o presidente da República, que participa neste sábado de uma cerimônia militar em Resende (RJ), às 11h….

Fonte: Poder 360

Deixe uma resposta