Vítima de sequestro relâmpago é encontrada desacordada em matagal em Malhador/SE

Foi graças ao esforço e empenho de populares e agentes policiais que foi possível localizar com vida a cidadã de Malhador Suzany Reis, de 33 anos, que ficou desaparecida durante toda a tarde desta sexta-feira, 13, após ter sido levada por dois indivíduos, que roubaram sua motocicleta enquanto ela fazia o trajeto entre o Povoado Saco e o município de Riachuelo.

Suzany foi encontrada por volta das 22 horas, desacordada em um matagal nas margens da rodovia Antônio Soares do Nascimento, no Povoado Tabua, em Malhador. A suspeita é que um próprio parente da vítima esteja envolvido no ação.

Segundo o esposo de Suzany, Lucenor Azevedo, ela se dirigia até Riachuelo, local onde possuem um ponto do Banese. No entanto, a demora da mulher para chegar ao destino gerou preocupação.

“O tempo máximo de deslocamento entre Malhador e Riachuelo é de 20 minutos, e ela saiu umas 14 horas, mas aí quando deu umas 15 horas eu pensei que ela estava demorando muito, sendo que não é de fazer isso. Esperei um pouco e depois comecei a publicar nas redes que ela estava desaparecida, e foi graças a isso que nos a encontramos”, expôs o homem.

De acordo com o Sargento Leite, que acompanhou a ação em Malhador, os dois suspeitos já foram identificados e seriam egressos do sistema prisional. Um deles, seria um familiar da vítima e teria saído recentemente da prisão. Até o momento, a motivação do crime ainda não foi identificada.

“Ela foi localizada por populares da região com o apoio de agentes que faziam diligências no local. Suzany estava amarrada, bastante machucada e debilitada e foi encontrada desacordada quando já era mais de dez horas da noite. Daí acionaram o Samu e a levaram para receber os cuidados necessários”, explicou . 

De acordo com o esposo de Suzany, ela encontra-se no Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), e por ter sido agredida, sofreu traumatismo craniano e fraturou a mandíbula. No momento, a vítima aguarda avaliação médica sobre a possível realização de uma cirurgia.

Fonte: FAN F1

Deixe uma resposta