Sergipe e Campinense empatam na primeira partida do mata-mata da Série D

Foto: GE

O primeiro tempo foi marcado por um jogo truncado e com muitos erros de passes. Os goleiros mal trabalharam durante a primeira etapa, até o Campinense aproveitar um apagão defensivo do Sergipe nos minutos finais e marcar duas vezes, com Fabio Lima e Claudio, respectivamente. Na segunda etapa, o Sergipe foi para cima do Campinense em busca do empate e conseguiu igualar o marcador com Henrique Bahia, de cabeça, e Doda, em cobrança de pênalti.

Primeiro tempo

O jogo começou muito estuado e com muitos erros de passes pelos dois lados. A primeira boa chance veio apenas aos 22 minutos, quando Paulinho aproveitou um bate-rebate na área e mandou por cima do gol. Depois disso, as coisas continuaram mornas até o finalzinho da primeira etapa, quando a Raposa soube aproveitar os espaços defensivos deixados pelo Sergipe. Aos 45 minutos, os visitantes abriram o placar, com o artilheiro da equipe, Fábio Lima, que mandou um belo voleio para estufar as redes de Igor Rayan. O Sergipe parece ter sentido o baque e, aos 47 minutos, o Campinense ampliou com Claudio, que recebeu livre pela direita, invadiu a área e bateu cruzado para marcar.

Segundo tempo

Na segunda etapa, o técnico Elias Borges mexeu na equipe, em busca do empate. As mudanças pareceram não ter surtido efeito imediato. Mas aos 32 minutos, Elivelton, que entrou durante o segundo tempo, cobrou falta na cabeça de Henrique Bahia, que também saiu do banco de reservas, estufar as redes de Mauro Iguatu. O gol deu ânimo ao Sergipe e desestabilizou os visitantes e aos 35 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Sergipe, quando Paulinho, em jogada individual, tentou o chepéu no marcador que, segundo a arbitragem, cortou com a mão. Doda foi para a cobrança e empatou a partida. Aos 48 minutos, os donos da casa ainda tiveram a chance de ampliar, mas Paulinho parou em grande defesa do goleiro Mauro Iguatu.

Como fica

O jogo de volta está marcado para o próximo sábado, às 15h, no Amigão. O vencedor garante vaga para as oitavas de final da Série D. Em caso de novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis.

Manteve a escrita!

Com o empate, o Sergipe continua sem saber o que é perder uma partida de mata-mata jogando em casa na Série D. Em cinco jogos, foram duas vitórias e três empates.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta