Enquete do site eleições ao vivo aponta vitória de Bolsonaro em todos os cenários em 2022

Só para esclarecer enquete não é pesquisa conforme esclarece o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “A Resolução TSE nº 23.600/2019 define enquete como o levantamento de opinião sem plano amostral, que depende da participação espontânea do interessado e que não utiliza método científico para a sua realização, apresentando resultados que possibilitam ao eleitor perceber a ordem dos candidatos na disputa”

O site eleições ao vivo uma enquete para avaliar os possíveis candidatos à presidente em 2022, a mesma foi aberta dia 09/09 e será encerrada dia 30/09/2021, na noite desta terça-feira por volta das 22 horas conferimos como está o placar e até então Bolsonaro (sem partido) reina absoluto com vitória parcial com folga.

No geral o atual presidente estava no momento com 45% contra apenas 16% do ex-presidente Lula (PT) que está na segunda colocação, seguido por Cabo Daciolo (sem partido) e pelo ex-juíz e ex-ministro Sérgio Moro (sem partido) com 11% cada, na sequência aparece o principal nome da chamada terceira via Cito Gomes do PDT com 7%, aparecem ainda na enquete Abraham Weintraub e Datena com 4% cada, Hamilton Mouração 2%, marina Silva 1% e por fim ainda praticamente zerado o atual governador de São Paulo João Dória.

Quando avalizados por regiões os cenários se modificam um pouco nas regiões Norte e Nordeste Lula aparece em segundo, mas na região Sudeste o mesmo aparece em terceiro perdendo a posição para o Cabo Daciolo e na região Centro-Oeste Lula perde a segunda colocação para o ex-juíz Sérgio Moro, a situação para Lula piora ainda mais na região Sul, na qual o mesmo cai para a quarta colocação ficando atrás de Bolsonaro, Sérgio Moro e Cabo Daciolo respectivamente.

Consultamos também os resultados parciais por estado e em todos Bolsonaro está na liderança, em, alguns com percentuais expressivos passando dos 50%.

Confira: Eleições ao Vivo

Por Reinaldo Valverde / 79 Política

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Deixe uma resposta