Mãe de menina degolada em Indiaroba estava sendo ameaçada há 30 dias

“A mãe estava na igreja e foi avisada que o ex-companheiro dela estava lá na casa. Ela perguntou para a filha menor sobre a irmã e ela não soube responder. Quando ela chegou no quintal, a menina estava lá degolada”. Este o relato de Adriano Fontes, pai da adolescente Kauane Fontes, de 13 anos.

O corpo dela deve ser liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) por volta das 14h. Adriano está em Aracaju e esteve no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil (DHPP). Ele é quem está acompanhando todos os trâmites burocráticos para sepultar o corpo da filha.

Separado há 13 anos da mãe de Kauane, Adriano disse que a menina já morou com ele por um tempo, mas que havia retornado para a casa da mãe. Ele contou que só soube hoje que o relacionamento da mãe era bastante conturbado.

“Eu vi a cara desse cara a primeira vez hoje, isso por foto. Não tinha contato nenhum com ele. Eu moro em Boquim e minha filha morava com a mãe em Indiaroba. Eu soube que ele já vinha ameaçando a mãe dela há 30 dias e que chegou até a mostrar uma arma a ela”, detalhou.

Kauane morava com a mãe e duas irmãs menores. Segundo Adriano, ela ajudava na criação das meninas.

O corpo da menina será velado na casa da avó em Indiaroba. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Fan F1

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Curso Completo para o Concurso de Simão Dias

Deixe uma resposta