Refugiada afegã que conseguiu visto para viver no Brasil está em Sergipe

Ela foi a primeira pessoa a conseguir o documento, e agora recebe apoio em Aracaju.

Foto: Anna Fontes/ TV Sergipe

Uma jovem, de 26 anos, refugiada do Afeganistão e primeira a conseguir visto para viver no Brasil, chegou à capital sergipana na tarde dessa segunda-feira (11).

Por enquanto, para não ser identificada, ela recebeu o nome de Nilofar. A jovem é formada em relações internacionais e estava cursando mestrado quando o Talibã reassumiu o poder. Por segurança, ela foi obrigada a ficar em casa com os pais e irmãos.

Uma mulher identificada como Marry, que é da Nova Zelândia, mas mora em Sergipe há 10 anos, foi responsável pela vinda da refugiada ao Brasil. “ A gente tem uma amiga em comum, que postou na rede social que ela estava pedindo ajuda. Eu me emocionei com a história dela e entrei em contato”, disse Marry.

Assim que chegou a Aracaju, a jovem afegã recebeu apoio da Cáritas Brasileira, que desde 2010 faz o acolhimento de emigrantes no Brasil.

“A gente está aqui para acolher, proteger e inserir a Nilofar aqui em Aracaju. Ela está com o pedido de refúgio, que é de 90 dias, e inicialmente a gente vai encaminhá-la à Polícia Federal para a regulamentação junto ao Conare. E aí vamos decidir, com ela, se ela quer ficar como residente ou refugiada, e tem também a questão da vacinação dela”, disse Paulo Evangelista, integrante da Cáritas Brasileira.

Fonte: G1 Sergipe

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Curso Completo para o Concurso de Simão Dias

Deixe uma resposta