Barraca da Confiança na Bahia é na base do ‘pegue e pague’ não tem funcionários ou câmeras

Uma placa com os dizeres ‘Barraca da Confiança’ chamou a atenção da Polícia Rodoviária Federal, na pessoa do policial Vinicius Alcântara durante sua ronda na BR-101, trecho entre os municípios de Itabuna e Buerarema, no Sul da Bahia.

Ao parar a viatura, descobriu um modelo de negócio inusitado que é baseado na confiança entre cliente e vendedor.

É uma pequena tenda, onde Dona Iraildes comercializa frutas, hortaliças e legumes que ela mesma planta. Tem até caldo de cana e polpa de frutas. Lá também você encontra plantas ornamentais e adubo orgânico.

Tudo fica exposto à disposição dos clientes e funciona no sistema ‘pague e pegue’, pois a barraca não possui funcionários ou qualquer tipo de monitoramento de segurança.

Os próprios consumidores é que escolhem os itens a serem levados e colocam o dinheiro em uma caixinha.

E se precisar de troco? O comprador também faz a retirada.

Dona Iraildes comparece duas vezes ao dia no ponto de venda seja para repor o estoque ou para contabilizar os ganhos. Ela nos conta que confia muito na honestidade dos clientes e que o modelo inovador do negócio tem dado certo.

A ideia da barraca, nasceu de uma conversa entre Dona Iraildes e seu filho Erivelton. Ele queria que ela tivesse uma renda advinda dos alimentos colhidos na propriedade rural da família. É ela também quem cuida da horta.

E você curtiu a ideia? Então, se tiver trafegando pelo Sul da Bahia, passa lá na Barraca da Confiança que será bem recebido por Dona Iraildes.

Fonte: PRF/BA

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Aço Paris

Deixe um comentário