Professor pede para alunos se beijarem em sala de aula em troca de pontos na média em Salvador

Caso aconteceu em uma escola pública de Salvador. Mãe de uma aluna denunciou ação do professor na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente; Ministério Público acompanha o caso. O professor foi afastado do cargo.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um professor do Colégio Estadual Heitor Villa Lobos, no bairro do Cabula, em Salvador, foi afastado das funções após estimular estudantes a se beijarem em troca de pontos na média curricular.

Em nota, a Secretaria de Educação (SEC) afirma que ao tomar conhecimento da denúncia pela direção do colégio, afastou imediatamente o professor e instaurou um processo administrativo para apurar o caso.

O fato teria ocorrido no dia 11 de novembro, quando o professor de Artes estimulou que os adolescentes do 6º ano A/Fundamental II se beijassem [que têm entre 11 e 13 anos]. Duas mães de alunos prestaram queixa contra o professor na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca).

A direção da escola também divulgou nota, assinada pela diretora, Jeana Lemos de Oliveira. No comunicado, a diretora diz que “repudiou o ato e agiu imediatamente”, e que menos de 24h após o ocorrido, se reuniu com os estudantes na presença dos pais, e enviou uma ata dessa reunião para a SEC, solicitando o afastamento imediato do professor e pedindo a adoção das medidas cabíveis.

A polícia informou que começou a ouvir os envolvidos e que realiza outros procedimentos de investigação. No entanto, afirmou que por se tratar de um caso que envolve crianças e adolescentes não divulgará detalhes.

Fonte: G1 Bahia

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Aço Paris

Deixe um comentário