Policial Militar é afastado após arrastar homem algemado a moto em movimento em São Paulo

O policial militar, que algemou e arrastou um homem negro em sua moto em movimento, foi afastado das funções, nesta quarta-feira (1º/12), em São Paulo. O vídeo do caso, que viralizou na terça-feira (30/11), foi gravado na Região Leste da capital paulista. O agente pode ser denunciado por crimes de racismo, tortura e abuso de poder e também ser excluído da corporação.

O afastamento aconteceu logo depois de a Polícia Militar de São Paulo divulgar nota e informar a abertura de um inquérito para apurar a conduta do policial. No comunicado, a PM afirmou que repudia as ações cometidas. 

O caso aconteceu na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Mello, uma das mais movimentadas da cidade de São Paulo, nesta terça-feira (30/11). O vídeo foi gravado e divulgado nas redes sociais por pessoas que também estavam presentes na via e acabou viralizando. O homem foi algemado no baú da motocicleta do policial militar, que avançou com o veículo, exigindo que o homem precisasse correr para acompanhar o policial.

NOTA DA POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO
A Polícia Militar, imediatamente após tomar ciência das imagens, determinou a instauração de um inquérito policial militar para apuração da conduta do referido policial e o seu afastamento do serviço operacional. A Polícia Militar repudia tal ato e reafirma o seu compromisso de proteger as pessoas, combater o crime e respeitar as leis, sendo implacável contra pontuais desvios de conduta“.

Fonte: Estado de Minas

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Aço Paris

1 COMENTÁRIO

Deixe um comentário