Sergipe é destaque nacional como único estado pronto para colocar em prática o Novo Ensino Médio

Foto: Reinaldo Valverde/SDCEV

Sergipe foi destaque na coluna do jornalista Guilherme Amado, do portal Metrópoles, desta quarta-feira (08), como o único estado do país que está pronto para o Novo Ensino Médio, que começará a valer a partir de 2022.

A publicação aponta que a constatação foi feita por um estudo divulgado pelo Serviço Nacional da Indústria (Sesi). De acordo com o levantamento, que é inédito, Sergipe é o único estado que cumpriu as doze estampas necessárias para a estreia.

“Desde o primeiro momento, coloquei a Educação como prioriadade e assim tem sido. Com muita dedicação e empenho, estamos fazendo a renovação do Ensino Médio, melhorando a estrutura das escolas, as condições de trabalho dos professores e de aprendizagem dos alunos”, destacou o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas. 

O Novo Ensino Médio no ano letivo de 2022 será a realidade para as escolas públicas e privadas. Na rede estadual de ensino, mais de 270 instituições escolares que ofertam o Ensino Convencional, integral, EJA e Educação Profissional ofertaram a modalidade de ensino.  A instrumentalização de cada competência do Novo Ensino Médio, que por sua vez amplia as possibilidades dos estudantes ainda nesta etapa é um grande espaço para a formação integral dos adolescentes, jovens e adultos sergipanos.

“Esse momento traduz o esforço e motivação dos nossos professores, redatores e técnicos que se debruçaram na construção e tiveram um papel essencial para o resultado final. É nessa perspectiva que Sergipe avança para tornar a Educação Pública equitativa, buscando o desenvolvimento pleno dos educandos e a promoção de uma sociedade justa, democrática, inclusiva e plural”, disse o secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, Josué Modesto, ao acrescentar que a pesquisa confirma o trabalho desenvolvido pelas Equipes Técnicas da Seduc e pelas Comunidades Escolares das 38 escolas-piloto do novo ensino médio na rede estadual de ensino. 

Ações

Desde o ano de 2019 o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Seduc), se empenha nos estudos e nos treinamentos dos profissionais de Educação para o Novo Ensino Médio.No mesmo ano, 38 escolas-piloto da rede estadual passaram a aplicar as modificações de maneira experimental.

Além disso, diversas outras ações de capacitações foram realizadas, ao longo dos últimos dois anos, com o objetivo de tornar o estado mais preparado para as modificações propostas pelo Ministério da Educação  (MEC). No final do último mês de novembro, o Estado regulamentou a implantação em todas as escolas da rede estadual.

Sobre o Novo Ensino Médio

O Novo Ensino Médio traz como mudanças a oferta de 1.800 horas anuais de formação geral básica, que são as competências e habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) obrigatórias para todas as escolas do Brasil, e, no mínimo, 1.200 horas anuais de itinerários formativos, que são um conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações de trabalho em que os estudantes poderão escolher se aprofundar.

Fonte: ASN

Deixe um comentário