Nasce bebê de gestante transferida pelo Grupo Tático Aéreo para maternidade de Ilhéus

Amanda chegou por meios próprios em Hospital Regional de Ilhéus e não conseguia chegar na maternidade devido às enchentes

Foto: Saúde/BA

Em meio à tragédia que atinge o Sul da Bahia, um verdadeiro exemplo de vitória e recomeços. Após ser transferida do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) para o Hospital Materno-Infantil de Ilhéus, com o apoio do Grupamento Tático Aéreo da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (GTA/SSP), Amanda Figueiredo Santana, de 26 anos, moradora do bairro do Salobrinho, pôde dar à luz a pequena Aysh, após 38 semanas de gestação.

A operação para garantir a assistência à saúde de Amanda e Aysh contou com profissionais do HRCC, bombeiros, SAMU e técnicos do Hospital Materno-Infantil. A paciente Amanda chegou por meios próprios na manhã deste domingo (26) no Hospital Regional Costa do Cacau. Ilhéus foi a cidade escolhida pelo Governo do estado como base de apoio.  

Nas primeiras horas de trabalho em Ilhéus, na Bahia, o Grupamento Tático Aéreo da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (GTA/SSP) socorreu uma gestante que já estava em trabalho de parto. 

As vias de acesso à unidade regional de Ilhéus estão comprometidas pelas enchentes. A tripulação sergipana do GTA fez o encaminhamento da paciente para o aeroporto de Ilhéus e de lá, ela foi levada para a maternidade da cidade em uma viatura avançada do Samu, onde receberá os cuidados necessários, pois está com fortes dores e contrações. Amanda está na 34ª semana de gestação, segundo o boletim médico.

Foto: SSP/SE

Deixe um comentário