Quatro de seis pesquisas aponta vitória de Lula sobre Bolsonaro no primeiro turno

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula (PT) pode vencer as próximas eleições presidenciais em outubro, já no primeiro turno, de acordo com os últimos levantamentos de pesquisas eleitorais de quatro institutos: o Datafolha, PoderData, Exame Ideia e Quaest/Genial.

De acordo com essas pesquisas, Lula deve obter 50% mais 1 dos votos válidos, desconsiderando os votos brancos e nulos, como no critério usado peça Justiça Eleitoral, o que lhe daria a vitória no primeiro turno, em 2 de outubro.

De acordo com o site Poder Data, que fez a análise das pesquisas, apenas dois dos levantamentos, do  Paraná e da FSB/ BTG, apontam para um cenário de segundo turno. Já nas outras quatro, Lula que tem ampla margem de votos a mais do que o segundo colocado, o presidente Jair Bolsonaro (PL), tem vantagem ou está empatado tecnicamente com a soma dos votos de todos os  adversários. 

O Datafolha aponta Lula como vencedor no primeiro turno com 47% das intenções de voto contra 41% de Bolsonaro e dos demais candidatos somados. Branco, nulo e não sabe somam 11%.

Já a Quaest/Genial aponta empate na margem de erro entre Lula, Bolsonaro e os outros candidatos. Lula ficou com 45% dos votos e os demais com 42%. Branco, nulo e não sabe somam 12%.

O PoderData aponta no 1º turno, 44% para Lula contra 47% resultante da soma de votos de  Bolsonaro e dos demais candidatos, também dentro da margem de erro, que fica entre 2% e 4% dependendo da pesquisa. Branco, nulo e não sabe chegam a 9%.

O Ideia /Exame mostra Lula com 45% das intenções de voto. Bolsonaro e os outros candidatos somam  49%, também dentro da margem de erro. Branco, nulo e não sabe somam 7%.

Apesar de três dessas quatro pesquisas apontarem um empate técnico, os analistas consideram, diante da margem de erro, que é possível o ex-presidente Lula vencer no primeiro turno.

Nas duas pesquisas que apontam um segundo turno, o ex-presidente petista aparece na BTG/FSB com 41% contra 51% – soma de Bolsonaro e os demais candidatos. Branco, nulo e não sabe ficam com 8%. Já na Paraná Pesquisas, Lula tem 41% e Bolsonaro e os demais aparecem com 49%. Branco, nulo e não sabe somam 10%. 

156 milhões estão aptos a votar, diz TSE

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), divulgados nesta sexta (15), estão aptos a votar neste ano mais de 156 milhões de eleitores – um crescimento de mais de 9 milhões (6,21%) em relação a última eleição presidencial em 2018. 

O maior aumento de eleitores é de jovens entre 16 e 17 anos, que não são obrigados a votar. Eles somam 2 milhões e 100 mil novos eleitores.

Outro segmento que teve alta foram os com acima de 70 anos, também não obrigados a votar. Eles somam 14,8 milhões de eleitores.

Aas mulheres são maioria do eleitorado, com 52,65% do total.

Eleitores por região

O estado de São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 22,16% de todos os eleitores. Isso significa que, a cada cinco votantes no país, um reside em São Paulo. Em seguida aparecem os estados de Minas Gerais, com 10,41% do total de eleitores e Rio de Janeiro, com 8,2%. Ao todo, a região Sudeste concentra 42,64% de todo o eleitorado nacional.

Em contrapartida, os três estados com menor eleitorado estão na região Norte, que responde por apenas 8,03% dos eleitores. Roraima (0,23%), Amapá (0,35%) e Acre (0,38%) são as unidades da Federação com menos eleitores, respectivamente. Ainda com relação às regiões, o Nordeste vem logo após o Sudeste, com 27,11% do eleitorado. Na sequência aparecem o Sul (14,42%), Norte (8,03%) e Centro-Oeste (7,38%). A maioria dos eleitores tem ensino médio completo.

Fonte: CUT

Acompanhe nossas noticias pelo InstagramFacebookTelegram e WhatsApp

Aço Paris

Deixe um comentário