Polícia prende acusado de manter relações sexuais e ameaçar vítimas em Sergipe

Equipes das Delegacias de São Domingos e Campo do Brito deram cumprimento ao mandado de prisão de Luiz Santos de Oliveira, conhecido como “Luizinho do Cartório”, investigado por manter relações sexuais com adolescentes em troca de benefícios financeiros. Ele ainda ameaçava as vítimas dizendo que iria expor imagens íntimas das vítimas. A ação policial ocorreu nessa terça-feira (2).

A ação policial foi coordenada pelos delegados Murilo Gouveia e Carla Viviane. O caso começou a ser investigado quando o próprio Luiz foi vítima de uma tentativa de homicídio, por arma de fogo, no dia 16 de maio deste ano. Conforme a apuração policial, o suspeito era um de seus companheiros.

Ao ser preso e interrogado, o autor da tentativa de homicídio contra o investigado pelos crimes sexuais disse que a motivação do crime seria a pressão dessas chantagens que estava sofrendo por parte de Luiz.

No decorrer da apuração da tentativa de homicídio, a Polícia Civil descobriu que Luiz possuía imagens íntimas de seus companheiros com as respectivas namoradas e as usava nas ameaças.

Diante do fato, diligências investigativas foram realizadas onde conseguiu-se identificar que outras pessoas sofreram esse mesmo tipo de ação. Após a coleta de outros relatos, a foi solicitada a prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça.

Luiz Santos de Oliveira foi indiciado pela prática de submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual vítimas menores de 18 anos, além de divulgação de imagem intima sem autorização. Ele foi preso e já encontra-se à disposição da Justiça para adoção das demais medidas cabíveis ao caso.

A Polícia Civil orienta que possíveis vítimas de Luiz Santos de Oliveira procurem uma unidade policial para formalizar o registro da ocorrência do caso.

Fonte: SSP/SE

Aço Paris

Deixe um comentário