SEDUC e SINTESE lamentam morte do professor José Aribaldo em Poço Redondo

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Confira na íntegra a nota da SEDUC – Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura e do SINTESE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe

Nota da SEDUC

Nota de pesar

É com muito pesar e indignação que a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (SEDUC) recebeu a notícia da morte do professor José  Aribaldo de Campos Lima, ocorrido nesta sexta-feira, 12, vítima de assassinato, em Poço Redondo. 

O professor Aribaldo lecionava português no Colégio Estadual Professora Josefa Marques, em Poço Redondo, onde contribuiu com a educação do município, marcando gerações de alunos. 
 
A Seduc, em nome do secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho e da diretora de Educação da Regional 9, professora Meire Ferreira da Silva, presta condolências aos familiares, aos amigos e à comunidade escolar neste momento tão doloroso para todos nós, ao tempo que almeja que os fatos sejam o mais breve esclarecidos e a justiça plenamente feita. 

A SEDUC entende que a morte de um educador é um ato de barbárie e uma afronta a civilização, a sociedade e ao futuro.

Nota do SINTESE:

O SINTESE também emitiu uma nota de pesar e vou esclarecimentos sobre o brutal assassinato:

Com imenso pesar recebemos a notícia do falecimento do Professor da rede Estadual Aribaldo Lima, do município de Poço Redondo.

Aribaldo sempre presente em nossas lutas em defesa da classe trabalhadora e dos direitos humanos. 

Seu assassinato não pode ficar sem esclarecimentos e  quem cometeu crime tão bárbaro não pode ficar impune.

A família e amigxs nossos sentimentos e abraço fraterno.

Professor Aribaldo, presente! 

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta