Bruno Reis prefeito da capital baiana endurece as medidas restritivas na cidade

Foto: Repriducação

Na tarde de segunda-feira (22), o prefeito de Salvador Bruno Reis anunciou novas medidas restritivas para enfrentamento à Covid-19 na cidade de Salvador-BA. O mesmo fez publicações nas suas redes sociais.

Veja publicação na íntegra:

“Mesmo assumindo todo o Hospital Salvador como mais uma unidade de campanha exclusiva para tratamento covid, que agora passará a ter 40 leitos UTI e 120 clínicos, os números da pandemia continuam subindo. Por isso, estamos suspendendo, a partir de hoje (23), a utilização de todos campos e quadras em nossa cidade. Além disso, a partir de quarta-feira (24), não poderemos mais ir às praias nem aos clubes sociais. Estamos desativando toda a terceira fase da retomada com o objetivo de reduzir a disseminação do coronavírus. Precisamos continuar utilizando máscaras, evitando aglomerações e tomando todos os cuidados com a pandemia”.

Em outra publicação no final da noite o mesmo declarou:

Morrer nunca é uma escolha, mas viver depende das escolhas que fazemos diariamente. Há mais de um mês, o Brasil está com a média de mortes de covid-19 acima de mil pessoas. Na Bahia, seguimos com a ocupação de leitos UTI maior que 80% e aqui em Salvador a realidade não tem sido diferente: estamos com 82% dos leitos UTI ocupados, mesmo tendo mais leitos disponíveis do que no período mais crítico do ano passado. Infelizmente, isso é reflexo do relaxamento em relação aos cuidados necessários para conter a disseminação do coronavírus. Só vamos superar a pandemia se continuarmos respeitando regras básicas: precisamos continuar usando máscaras, evitando aglomerações e mantendo os cuidados com a higienização. Se todo mundo não fizer a escolha pela vida, não vão adiantar os esforços que estamos fazendo para evitar um colapso no sistema de saúde.”

Junto com as publicações por escrito o prefeito também divulgou um vídeo no qual fala sobre a nomeação de novos servidores que vão trabalhar diretamente no combate à pandemia, entre os 165 convocados estão: guardas municipais, agentes de trânsito, agentes de fiscalização, psicólogos e assistentes sociais.

Lembrando que toda a Bahia está sob alerta e com medidas restritivas duras já implantadas pelo governo estadual, a qual desde a última sexta-feira (19), está com um toque de recolher que impõe restrições as cidadãos, não podendo os mesmos circulas entre as 20:00H e 05:00H.

Por Reinaldo Valverde / SimaoDiasComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta