Marival Santana diz que novo prefeito de Simão Dias não consolidou as promessas de campanha

São mais de 100 dias sem nada de avanços

Foto: Reprodução/Instagram

Na noite desta quinta-feira (22), o ex-prefeito de Simão Dias Marival Santana largou o verbo durante live no Instagram, o mesmo fez um balanço da administração de do atual prefeito Cristiano Viana até o momento.

Foi pouco mais de uma hora de duras críticas ao atual gestor municipal, Marival começou dizendo que a saúde entrou em decadência e que nada do que foi prometido se efetivou citou a promessa de compra de ambulâncias, ampliação da farmácia básica e UBS 24h.

Falou da falta de veículos para o transporte dos funcionários da saúde e alega que no na Secretaria Municipal de Saúde ele teria deixado seis veículos novos, relatou o encolhimento das equipes de saúde da família, alegou que várias estão sem médico tanto na zona rural como na sede, lembrou ao atual gestor que o pagamento da insalubridade de 40% ao profissionais que estão trabalhando no combate à Covid-19 é lei e que o novo gestor não estaria pagando.

Disse ainda que o concurso público já deveria ter sido realizado em Simão Dias, mas que até então não foi realizado, questionou as razões já que ele teria deixado tudo encaminhado já licitado e escolhida a empresa executora do certame.

Marival citou ainda as diversas obras que teriam começado em sua gestão, mas que o governo atual não deu continuidade, estando as mesmas paralisadas e/ou abandonadas segundo ele são 28 obras, dentre elas pavimentação de ruas, construção de quadras, praças e outros que estão com recursos garantidos de diversas fontes e que Cristiano Viana não conseguiu terminar, advertiu o atual prefeito do risco de perder tais recursos por inatividade.

Para encerrar criticou a falta de assistência com os mais pobres, a falta de entrega de cestas básicas e merenda escolar que segundo o ex-gestor também tem recursos garantidos, e fechou a live lembrando ao novo prefeito que ele teria deixado pouco mais de 9 milhões de reais no caixa da prefeitura (diversas fontes) e que não entende as razões de Cristiano Viana ter decretado estado de calamidade financeira no município.

Por Reinaldo Valverde / SimaoDiasComoEuVejo.com.br

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta