Homem é preso no interior de São Paulo 20 anos após cometer crime em Adustina/BA

Nesta quarta-feira (25), após investigações da Delegacia de Euclides da Cunha chefiado pelo delegado Rangel em conjunto a polícia civil de São Paulo Baixada Santista, foi encontrado um indivíduo com mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado há cerca de 20 anos , mais precisamente no 30 de maio de 2001, por volta das 6h30min, na estrada do povoado formigueiro zona rural da cidade de Adustina/BA.

Quando “Orlando ” em conjunto com seu irmão José Mendes Neto, vulgo “Netinho “, mataram a tiros a vítima José Adailton Nascimento dos Santos, na frente de sua filha de apenas 03 anos e da sua esposa, quando a família transitava em seu veículo tipo C10 em direção ao centro da cidade de Adustina, já que a vítima fazia linha do povoado para o centro.

Os irmãos autores desse crime bárbaro descarregaram todos os projéteis dis revólveres calibre .38 na vítima, depois recarregaram e atiraram novamente mesmo com a esposa e a criança de 03 anos observando.

A motivação do crime seria por que o foragido José Neto, vulgo “Netinho“, não aceitava que antes de se casar com sua esposa a mesma havia praticado relações sexuais com a vítima, mesmo ambos sendo solteiros na época, dessa forma, movido por raiva e juntamente com seu irmão de vulgo “Orlando” que foi preso hoje, ficaram esperando a vítima na estrada que liga o póvoado Formigueiro, logo após o crime ambos os irmãos tomaram destino incerto.

Mediante as investigações da delegacia de Euclides da Cunha com a a Polícia Civil da Baixada Santista foi descoberto o local onde o foragido se encontrava, assim de imediato foi cumprido o referido mandado de prisão preventiva.

O indivíduo já está a disposição da justiça.

Por Reinaldo Valverde / SimaoDiasComoEuVejo.com.br com informações da Delegacia de Euclides da Cunha/BA

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Deixe uma resposta