Senador Alessandro Vieira anuncia sua pré-candidatura à Presidência da República

Fonte: Reprodução/Instagram

Durante entrevista ao Jornal da Fan da Rádio Fan FM nesta terça-feira, 31, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) esclareceu os motivos de ter colocado o seu nome à disposição como pré-candidato à presidência da República. Na oportunidade, ele fugiu da entrevista após o ex-deputado federal João Fontes participar com direito de resposta.   

“Eu não me sinto representado por uma volta de Lula ou permanência de Bolsonaro, eu acho que o Brasil precisa dar um passo adiante e mudar o rumo do que a gente tem e não ficar nessa discussão polarizada que trava o país. E a segunda questão, é a percepção que você não tem hoje no cenário de pré-candidatos a defesa de determinadas bandeiras, por exemplo, de combate a corrupção e outros pontos pós pandemia”, justificou Alessandro. 

Vieira disse que a disposição do seu nome à presidência da República, não descarta o trabalho que vem fazendo com o seu agrupamento em Sergipe, principalmente, para indicar um nome para a chapa majoritária. 

“Nós não temos nenhum tipo de definição. O que há é uma disposição para que a gente faça esse debate. Lógico que existe espaço de renovação no cenário nacional, assim como existe um espaço para renovação em Sergipe. Não há dúvidas que nós temos um grupo que está no poder a cerca de 30 anos e não conseguiu resolver os problemas. Então, é importante continuar esse trabalho de construção de alternativas em Sergipe”, reforçou.

Na entrevista, Alessandro Vieira avaliou uma crítica do ex-deputado federal João Fontes, que disse que Vieira está procurando uma saída nacional para “fugir de uma derrota massacrante para o Governo de Sergipe”.

Para Vieira, essa é uma “opinião isolada” de pessoas que precisam de tratamento mental. 

“Infelizmente, algumas pessoas que gostariam de ocupar o lugar que eu ocupo ou de exercer o trabalho que exerço, manifestam sua mágoa em grupos de whatsapp. Eu respeito, gostaria que essas pessoas cuidassem da saúde mental, mas já que isso não é possível, é conviver e seguir trabalhando. Para todo tipo de crítica boba, a resposta tem que ser trabalho”, alfinetou. 

O Jornal da Fan concedeu direito ao contraditório e colocou João Fontes para responder às críticas de Vieira, mas o senador não esperou, desligou a linha e foi participar de uma outra entrevista em uma emissora de rádio da capital. “O senador Alessandro ele tem consciência do desgaste dele no Estado de Sergipe, ele quer fugir do debate como o diabo foge da cruz e criou esse factoide de disputar a presidência da República”, criticou João Fontes. 

Fonte: Fan F1

» Acompanhe nossas noticias pelo Instagram e Facebook

Deixe uma resposta