Governo de Sergipe decreta novas medidas restritivas e suspende o retorno as aulas

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (11), após uma reunião com o Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae) para avaliar o cenário epidemiológico estadual, o governo de Sergipe adotou novas medidas de restrição para tentar conter o avanço da Covid-19 no estado.

O retorno das aulas da rede pública de ensino, previstas para retornar presencialmente no dia 22, foram adiadas, a previsão é que retornem no dia 5 de abril. As aulasda rede particular também foram suspensas até o dia 4 de abril. As creches continuam em funcionamento e as turmas do ensino infantil continuam com aulas presenciais.

Na coletiva, o governador havia anunciado que os templos religiosos fechariam durante os finais de semana. A informação foi corrigida pelo Superintendente de Comunicação do Estado, Givaldo Ricardo, que informou que o templos religiosos vão abrir com capacidade reduzida para 30%.

O limite de ocupação também vale para salões de beleza, bares, restaurantes. As academias continuam fechadas aos sábados e domingos.

“Não estamos com picuinha, não queremos prejudicar ninguém, mas todos sabemos que ao chegar num local para comer e beber você tira a máscara e isso leva a contaminação para o local e das pessoas. Isso é fato”, disse o Governador.

Belivaldo anunciou ainda que no próximo dia 17, quando será comemorado o aniversário de Aracaju, haverá ponto facultativo em todo o estado.

As medidas começam a valer a partir desta sexta-feira (12), quando será publicado um novo decreto no Diário Oficial e seguirão até o dia 22.

Uma nova reunião do Comitê Técnico-Científico acontece na próxima semana, no dia 18, para avaliar o avanço da doença e a ocupação dos leitos de UTI. De acordo com o governador as medidas podem ser revistas. Tudo dependerá da situação epidemiológica do Estado.

Por LagartoComoEuVejo.com.br
Matéria atualizada às 17h08 para correção

PUBLICIDADE

7 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta